Celso de Mello libera vídeo de Bolsonaro em reunião ministerial.

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello decidiu, hoje (22), divulgar o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril.

Na decisão, Celso de Mello determinou o levantamento da nota de sigilo de decisão anterior “liberando integralmente, em consequência, tanto o conteúdo do vídeo da reunião ministerial de 22/04/2020, no Palácio do Planalto, quanto o teor da degravação referente a mencionado encontro de Ministros de Estado e de outras autoridades”.

O ministro acrescenta que manterá sigilo apenas de partes em que há referência a determinados Estados estrangeiros.

A oposição tenta a qualquer custo dizer que o presidente Jair Bolsonaro teria tentado interferir politicamente na PF.

“Se precisar, pode divulgar. Não existem as palavras “Polícia Federal” em todo o vídeo. Não existe a palavra investigação sobre filhos. Eu falo sobre a segurança da minha família e meus amigos. Ou você acha que não há interesse em fazer uma maldade com filho meu?”, disse Bolsonaro