Augusto Aras autoriza revisão de investigações sobre Rodrigo Maia

Estão paradas a meses, as investigações que tramitam no Supremo Tribunal Federal sobre Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados.

Os inquéritos estão aguardando que a Procuradoria-Geral da República decidisse oferecer denúncia ou pedir arquivamento dos casos.

O procurador-geral, Augusto Aras, autorizou a revisão das apurações, após ter recebido de sua antecessora, Raquel Dodge, os inquéritos supostamente prontos para oferecimento de denúncia.

Integrantes da atual equipe da PGR teriam encontrado inconsistências na acusação de Dodge, e agora precisam ser reavaliadas, o que pode levar mais tempo ainda para ser refeita. 

O resultado da revisão feita pelo procurador-geral determinará se a PGR buscará abrir ações penais contra Maia, tornando-o réu, ou pedirá o arquivamento dos inquéritos ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jatono STF.