STF concede 22 dias para Daniel Silveira apresentar alegações finais

O ministro Alexandre de Moraes concedeu à defesa do deputado Daniel Silveira um prazo de 22 dias para apresentar suas alegações finais no processo em que é acusado de agressões verbais e ameaças aos ministros da Corte. O prazo foi baseado no tempo que o Ministério Público teve para se manifestar.

Na denúncia aceita pelo STF, Silveira foi acusado pela Procuradoria-Geral da República de incitar o emprego de violência para tentar impedir o livre exercício das atividades do Legislativo e do Judiciário e a animosidade entre as Forças Armadas e a Corte, por meio de vídeos publicados em suas redes sociais.

EM 19/02/21, 364 DEPUTADOS VOTARAM PARA MANTER DANIEL SILVEIRA PRESO

Confira a lista dos deputados que votaram a favor da prisão do deputado

EM 07/09/21, PGR DEFENDE CONDENAÇÃO DE DANIEL SILVEIRA E ALEGA QUE LIBERDADE DE EXPRESSÃO “NÃO É ABSOLUTA”