Sergio Moro: “Não respondo a criminosos, presos ou soltos”, após declarações de Lula

O ministro da Justiça e da Segurança Pública, Sérgio Moro, se pronunciou em relação aos ataques que vem sofrendo do ex-presidente Lula, que na tarde de sexta (8), deixou a sede da Polícia Federal em Curitiba.

“Aos que me pedem respostas a ofensas, esclareço: não respondo a criminosos, presos ou soltos. Algumas pessoas só merecem ser ignoradas”, escreveu Moro, sem citar Lula.

Neste sábado (9) Lula discursou para militantes do PT que se reuniram na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em São Bernardo do Campo (SP). O petista criticou duramente veículos de imprensa, os ministros Sérgio Moro e Paulo Guedes (Economia) e o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Para Lula, o Brasil “não merece o governo que tem”.

Confira a postagem do ministro:

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação