Senador Eduardo Braga protocola projeto para criar carteira digital de vacinação e rastreamento de vacina.

O controle contempla da origem ao consumo, abrangendo as etapas de fabricação, importação, distribuição, transporte, armazenagem e dispensação.

Braga quer criar também a carteira de vacinação digital, que conterá a identificação do portador, as vacinas e os soros aplicados e pendentes, os fabricantes e lotes das vacinas e dos soros utilizados e os eventuais efeitos colaterais identificados. A matéria foi protocolada no Senado Federal no último dia 19.

Vale lembrar que Braga, por conta do foro privilegiado de senador, é investigado no STF por várias denúncias de crimes praticados no âmbito da Lava Jato, que o senador diz não reconhecer as alegações do delator que o envolveu no caso.