Repressão Chinesa: Dono de jornal em Hong Kong é preso sob a nova lei de segurança.

A prisão de Jimmy Lay, acontece em meio à repressão de Pequim contra a oposição pró-democracia na cidade, que atua contra a liberdade de imprensa e expressão e só confirma os piores temores de que a Lei de Segurança Nacional de Hong Kong será usada para suprimir opiniões pró-democracia e restringir liberdades.

A lei de segurança pune tudo que a China considerar subversão, secessão, terrorismo ou conluio com forças estrangeiras com sentenças que chegam até à prisão perpétua. Críticos afirmam que ela esmaga liberdades, enquanto apoiadores defendem que ela traz estabilidade após prolongados protestos pró-democracia ano passado.

Lai, 71, visitou Washington frequentemente, onde se encontrou com autoridades, como o secretário de Estado, Mike Pompeo, para reunir apoio à democracia de Hong Kong, o que levou Pequim a rotulá-lo como “traidor”.