Mourão reprova reação do embaixador da China no Brasil.

Dias atrás, o diplomata Yang Wanming respondeu a um comentário do deputado federal Eduardo Bolsonaro de forma ameaçadora através de uma publicação nas redes sociais.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, se posicionou contra a atitude do embaixador Chinês.

“É a segunda vez que o embaixador chinês reage dessa forma. Dentro das convenções da diplomacia, o camarada se sentindo incomodado com qualquer coisa que tenha acontecido no país, ele escreve uma carta para o ministro das Relações Exteriores, vai ao Itamaraty e apresenta as suas ponderações, não via redes sociais, ou então vira um Carnaval.”, declarou Mourão

Mourão converge com nosso Ministério da Relações Exteriores que, na quarta-feira, enviou uma comunicado oficial à embaixada da China classificando a atitude como “ofensiva” e “desrespeitosa” e de criar “fricções desnecessárias” que prejudica a boa relação entre os países.