Moraes dá 48h para Daniel Silveira pagar R$ 100 mil por “mau uso” da tornozeleira

O ministro do STF, Alexandre de Moraes, determinou a instauração de um novo inquérito contra o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

Desta vez, o parlamentar será investigado por “violações” no uso da tornozeleira eletrônica. 

O ministro do STF fixou uma fiança de R$ 100 mil, que deverá ser paga pelo parlamentar em 48 horas – mas não descartou a possibilidade de decretar uma nova prisão preventiva do deputado.

Vale ressaltar que a Procuradoria-Geral da República já pediu que Silveira volte à prisão.