MD assina acordo no Oriente Médio para ampliar parceria comercial com a BID

Nesta quinta-feira (18), o Secretário de Produtos de Defesa, Marcos Degaut, do Ministério da Defesa (MD), formalizou memorando de entendimento com o CEO do International Golden GROUP (IGG), Fadel Al Kaabi.

Trata-se de empresa sediada em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, e líder no fornecimento de produtos de Defesa e Segurança às Forças Armadas daquele país.

O acordo visa definir diretrizes para o desenvolvimento, a produção e a comercialização de produtos de Defesa.

Com esse intuito, foi estabelecido cronograma de trabalho para cooperação mútua em produtos de Defesa, incluindo, entre outros, aquisição, intercâmbio de experiências em indústrias de Defesa, parceria industrial, inovação, pesquisa e desenvolvimento, investimento, marketing e atividades de comercialização, exportação e importação.

Os Emirados Árabes Unidos estão entre as cinco nações que mais adquirem produtos brasileiros nesse segmento. De 2019 a 2020, o Brasil exportou ao país asiático U$S 426,2 milhões. A relação do Brasil com os Emirados foi fortalecida em 2019, quando o governo brasileiro firmou dois acordos com o Fundo Tawazun, visando à expansão da capacidade produtiva na área de Defesa.

O Ministro da Defesa , Walter Braga Netto, assinou junto ao Ministro da Defesa do Catar, Khalid Bin Mohammad Al Attiyah, memorando de entendimento em assuntos relativos ao desenvolvimento, à produção e à comercialização de Produtos de Defesa (Prode).

Em 2019 e 2020, o Catar adquiriu 51,6 milhões de dólares em produtos da Base Industrial de Defesa (BID) brasileira.

Fomento à indústria de Defesa

O fortalecimento da Indústria Nacional de Defesa é um dos objetivos estratégicos do Ministério da Defesa e importante vetor para o desenvolvimento da economia brasileira. O setor gera 2,9 milhões de empregos, sendo 1,6 milhão diretos e 1,3 milhão indiretos. Em novembro deste ano, as exportações brasileiras de material de Defesa atingiram novo recorde, U$S 1,6 bilhão. A previsão é que atinjam a cifra de U$S 2 bilhões até o final de 2021.