Fux diz que judicialização é provocada

O presidente do STF, Luiz Fux, rejeitou nesta terça-feira a ideia de que a corte seja a responsável por um processo de judicialização da política no país, uma vez que o Supremo só se manifesta quando estimulado.

“Cada vez mais me conscientizo que a judicialização da política e das questões sociais é uma expressão absolutamente equivocada”, disse ele em evento virtual da Fundação Getulio Vargas (FGV).

“A jurisdição, ela não é uma função que possa ser exercida de ofício, ela é uma função provocada”, acrescentou.

Fux destacou que o STF só entra na esfera política quando é demandado.

“Toda vez que o Supremo Tribunal Federal interfere numa questão política, a realidade é que os políticos provocam a judicialização porque na arena própria não conseguem fazer vencer suas pretensões”, afirmou.