Doria endurece medidas, volta a fase vermelha e critica governo federal

O governador João Doria (PSDB-SP) anunciou hoje (3), que todas regiões do Estado entrarão na fase vermelha, a mais restritiva do Plano São Paulo, a partir do sábado dia (06).

A fase vermelha da quarentena será por 14 dias a partir deste sábado.

Segundo Doria, a medida visa conter o avanço da crise de saúde pública.

A classificação é a mais restritiva do plano de flexibilização da quarentena, pois veta a abertura de restaurantes, academias e outros estabelecimentos considerados “não essenciais”.

Segundo o governador, o Estado deve enfrentar nos próximos dias as duas piores semanas da crise de saúde no País desde que foi registrado o primeiro caso.

Pouco antes de anunciar as medidas, Doria voltou a criticar o governo federal.

“Esta é a triste realidade de um País que é comandado por um negacionista, de um País que não tem Ministério da Saúde, de um País que não tem coordenação para um programa de saúde pública na pior crise sanitária, na pior crise de saúde dos últimos 100 anos”, declarou João Doria.