Comissão aprova relatório de impeachment contra Witzel.

Com 24 votos, o colegiado aceitou o prosseguimento do processo.

O relator do caso, deputado Rodrigo Bacellar, detalhou no documento de 77 páginas, momentos em que o governador afastado teria cometido crime de responsabilidade em contratação de OSs (Organizações Sociais) para montagem de hospitais de campanha, aquisição de medicação e equipamentos para o combate do novo coronavírus.

Witzel, que já esta afastado do cargo, esta sendo acusado de praticar atos de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. As primeiras suspeitas começaram na Saúde durante a pandemia da covid-19.