Witzel está na mira do STJ por compra de respiradores

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, é alvo de uma investigação que tramita no Superior Tribunal de Justiça.

Witzel é suspeito de envolvimento em irregularidades na compra de respiradores pulmonares em meio à pandemia de coronavírus,

No último dia 7 de maio, o ex-subsecretário de Saúde do Rio, Gabriell Neves, foi preso por suposta fraude, ao lado de outras três pessoas.

Todos são suspeitos de corrupção na compra emergencial de respiradores para pacientes com Covid-19.

Nesta quinta-feira (15), a Polícia Federal prendeu o empresário Mario Peixoto e o ex-deputado estadual Paulo Melo na operação “Favorito“, desdobramento da Lava Jato no Rio.

O STJ informou que não comenta inquéritos que tramitam em segredo de Justiça. A Procuradoria-Geral da República (PGR) afirmou que não há nenhuma informação sobre o assunto e não confirmou se o governador é alvo de investigação.