Rosa Weber decidirá se Luis Miranda será investigado

A Polícia Federal enviou nesta terça (20) ao STF pedido para que o deputado Luis Miranda (DEM-DF) seja investigado por denunciação criminosa contra o presidente Jair Bolsonaro.

A notícia-crime foi apresentada pelo ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, ao titular da pasta da Justiça, Anderson Torres, que delegou a tarefa à PF.

A ministra é relatora do inquérito que apura a suspeita de prevaricação por parte de Bolsonaro.

Weber é quem decidirá se atende ao pedido da corporação e inclui Miranda nas apurações.

A partir disso, Rosa Weber poderá decidir juntar a investigação de Miranda à de Bolsonaro, que já está em andamento, abrir um inquérito separado para analisar a conduta do deputado ou, até mesmo, arquivar o pedido. Caso seja entendido que a omissão do presidente da República aconteceu, então a denúncia contra Miranda será descartada.