Renan entrega relatório só para o ‘G7’ e se nega entregar para senadores governistas

Renan disse que o relatório será lido amanhã. A votação está prevista para a próxima terça-feira (26).

Renan distribuiu o documento aos demais integrantes do grupo majoritário no colegiado, conhecido como G7. A versão mais recente do parecer pede o indiciamento de 71 pessoas e empresas, com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à frente.

Durante sessão desta terça-feira (19), Jorginho Mello (PL-SC) e Marcos Rogério (DEM-RO) cobraram de Renan Calheiros (MDB-AL) cópias do relatório final. Eles questionaram o fato de uma versão do parecer ter sido publicada pela imprensa e entregue a alguns parlamentares, enquanto senadores da oposição não tiveram acesso ao texto.

“E Renan acaba de se negar a disponibilizar para nós, governistas, seu relatório final – que foi vazado para a imprensa. Só teremos acesso oficial ao conteúdo completo na leitura de amanhã. Como diz, @MarcosRogerio , vai vendo Brasil!”, disse o senador Jorginho.