Putin diz que só vai parabenizar vencedor nos EUA após oficialização.

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse neste domingo (22) que não parabenizará o vencedor das eleições presidenciais americanas até que o impasse político e judicial entre o democrata Joe Biden e o atual chefe de governo, Donald Trump, tenha terminado.

“Quero lhes assegurar que não há motivação aqui, não é que gostamos de uma e não gostamos da outra. Estamos simplesmente esperando que o confronto político termine”, declarou o presidente russo.

O presidente Jair Bolsonaro também já declarou que está aguardando a oficialização do candidato vitorioso nos EUA.

“Respeitamos a todos, o atual presidente Trump e o candidato ao cargo, Sr. Biden. É por isso que não há problema para nós”, declarou o chefe de governo da Rússia, que garantiu que trabalhará com “qualquer um que receba a confiança do povo americano”.

Contudo, ressaltou que a vitória precisa ser reconhecida pelo adversário ou ser legalmente confirmada após a certificação final dos resultados das eleições.

O presidente Russo também tem supreendido o ocidente por suas recentes declarações ao presidente Jair Bolsonaro.

Confira a análise das declarações do presidente Russo, no Canal Pátria & Defesa e compartilhe com mais Patriotas.