Preso por determinação de Moraes, jornalista faz greve de fome

A situação da saúde do jornalista cearense Wellington Macedo preocupa a direção da Penitenciária do Distrito Federal II (Papuda 2) em Brasília, onde se encontra preso.

O jornalista está sem comer há 18 dias. De cabelo e barba grandes, cerca de 10 quilos mais magro, Wellington Macedo estaria bastante deprimido e quase irreconhecível.

A sua esposa pediu socorro para o marido nas redes sociais.

O delegado Johnson Kenedy Monteiro teria ido cinco vezes na cela do jornalista para demovê-lo da greve de fome. Wellington, evangélico, pediu (e recebeu) apenas uma Bíblia Sagrada, que passa o dia a ler em silêncio.

Aos advogados, Wellington Macedo falou muito bem do tratamento que recebe dos agentes prisionais.

Fonte: TerraBrasilNotícias