Bolsonaro diz que não vai se imunizar

O presidente Jair Bolsonaro voltou a afirmar, nesta quarta-feira (13), que não vai tomar o imunizante.

Durante entrevista à rádio Jovem Pan nesta terça, Bolsonaro disse que está decidido sobre tema e defende o seu direito à liberdade.

“Para mim, a liberdade acima de tudo. Se o cidadão não quer tomar, é um direito dele e ponto final.”

Bolsonaro comfirmou que sua “imunização” está alta e comparou o imunizante a uma loteria.

“No tocante à vacina, eu decidi não tomar mais. Eu estou vendo novos estudos, eu estou com o meu, a minha imunização está lá em cima, IGG está 991. Para que eu vou tomar? Seria a mesma coisa que você jogar na loteria R$ 10 para ganhar R$ 2. Não tem cabimento isso daí”, disse o presidente