ONU rejeita denúncia de Greta Thunberg contra Brasil

Durante um painel da Organização das Nações Unidas (ONU) realizado dia 11, disse que não pode se pronunciar de imediato sobre uma denúncia feita pela ativista sueca Greta Thunberg e por outros 14 jovens sobre a inércia de países em relação às mudanças climáticas.

A entidade afirmou que, antes, o grupo deveria ter procurado reparação em tribunais nacionais.

A denúncia, que incluía o Brasil, foi apresentada em 2019 afirmava que esses países sabiam do risco de mudanças climáticas há décadas, mas que não agiram para conter as emissões de carbono.

Além do Brasil, eram alvos da ação França, Turquia, Alemanha e Argentina. 

“Vocês tiveram sucesso em alguns aspectos, mas não em outros […] Esperamos que vocês ganhem força com os aspectos positivos desta decisão e que continuem a agir em seus próprios países e regiões e internacionalmente para lutar por justiça nas mudanças climáticas’ informou o comitê