Argentina prevê aumento de tarifas de serviços públicos

O governo da Argentina tem previsão de descongelar as tarifas dos serviços públicos a partir de junho.

Santiago Cafiero, chefe de gabinete da Presidência, disse hoje, que os aumentos serão apenas “para setores que possam suportá-los”.

Cafiero ainda garantiu que continuará a “apoiar fortemente a tarifa social”, que beneficiam as famílias mais vulneráveis.

O governo do argentino, Alberto Fernández, decidiu congelar as taxas dos serviços públicos dentro de uma série de medidas com as quais tenta desacelerar a inflação que em 2019 fechou em 53%.

As tarifas de serviço público em território argentina, que recebiam fortes subsídios estatais, foram liberadas durante o governo anterior do presidente liberal Mauricio Macri (2015-2019).