Tchau Querido: Ministro do STF Celso de Mello antecipa saída para 13 de outubro.

Celso de Mello antecipou sua saída para 13 de outubro.

Sua aposentadoria compulsória seria em 1º de novembro, mas Mello decidiu deixar a Suprema Corte três semanas antes 

Celso de Mello tomou posse no STF em 1989, indicado pelo presidente José Sarney, depois de ter trabalhado por 19 anos no Ministério Público de São Paulo.

Com sua saída, o presidente Jair Bolsonaro irá fazer a sua primeira indicação à Suprema Corte. Os nomes mais cotados são do ministro da Justiça, André Mendonça, e o do secretário-geral da Presidência, Jorge Oliveira.