Rodrigo Maia, codinome “Botafogo”, segundo a PF, diz que Ricardo Salles está destruindo o próprio governo.

“O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo” declarou Botafogo.

A declaração de Maia foi logo após Salles dizer a Ramos que pare com sua “postura de Maria Fofoca”.

O ministro do Meio Ambiente se posicionou pelo fato de Ramos, que é Ministro da Secretaria de Governo, ter atuado junto ao Ministério da Economia, para definir como deveriam ser feitas as imposições de limites de gastos para cada ministério que ocupa a Esplanada. Ramos atuou para que se priorizasse liberações para os ministérios da Infraestrutura e do Desenvolvimento Regional, mas para o ministério do Meio Ambiente, no entanto, a orientação dada foi no sentido de impor limites.

Após a polêmica Salles declarou “Para mim, este assunto está encerrado”.