Rodrigo Maia acusa Sergio Moro de “acuar” as instituições brasileiras

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, declarou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, tenta “acuar as instituições democráticas” do Brasil.

Durante entrevista ao site da Uol neste domingo (6) Rodrigo Maia declarou:

“Acho que o ministro Sergio Moro tenta, como sempre, a estratégia permanente dele, a estratégia de um pouco de pressão, de tentar acuar as instituições democráticas deste país.”

Rodrigo Maia disse que as mensagens roubadas divulgadas pelo site Intercept demonstram essa postura de Moro, mas ressaltou:

“Ao longo do tempo, ele está aprendendo que a democracia é um valor muito mais importante do que qualquer outro tema.”

Maia criticou a tentativa de Moro em aprovar a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância via projeto de lei, e não por meio de Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

“Parece mais uma vontade de desgastar o Parlamento do que uma vontade de aprovar o projeto”, disse Maia. 

Rodrigo Maia também falou sobre o projeto anitcrime e disse:

“Ele achou que podia marcar a data da votação do projeto e como o projeto iria tramitar.”

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação