PF conclui que o Deputado Daniel Silveira não violou a tornozeleira eletrônica

O Parlamentar havia sido preso novamente pelo ministro Alexandre de Moraes por ter supostamente desobedecido à Justiça

O laudo pericial da Polícia Federal (PF), do dia 28 de outubro deste ano,
confirmou que o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) não violou a tornozeleira eletrônica.

“O laudo de Perícia Criminal Federal, em suma, destacou que não houve rompimento da cinta do equipamento de monitoramento eletrônico”, diz trecho do documento, assinado pelo delegado Leonardo Reis Guimarães.

O deputado foi acusado de violar o lacre da tornozeleira eletrônico por quatro vezes, segundo relatório de monitoramento da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, em junho.