Palocci afirma que PT distribuiu R$ 500 bilhões para “empresas amigas” via BNDES

Antonio Palocci participou de uma reunião fechada na CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), nesta terça (2), na Câmara dos Deputados.

Durante reunião, Palocci disse que as gestões do Partido dos Trabalhadores (PT) distribuíram para as empresas amigas a quantia absurda de R$ 500 bilhões.

Palocci confirmou novamente  que repassou R$ 300 milhões da Odebrecht a Lula, no fim do mandato do ex-presidente preso.

O valor teria como objetivo a continuidade de favorecimento da empreiteira Odebrecht. Lula apostava no fim da Operação Lava Jato, segundo Palocci

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação