Moro diz que PSOL é contra o combate a milícias

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, voltou a criticar, nesta quinta-feira (13), a atuação do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) contra milícias.

A nova declaração de Moro acontece após ter sido alvo de ofensas proferidas pelo deputado Glauber Braga(PSOL-RJ) durante participação em comissão na Câmara dos Deputados.

Em mensagem no Twitter, Moro escreveu:

“Não gosto deste jogo político. Mas verdades precisam ser ditas. No projeto de lei anticrime, propusemos que milícias fossem qualificadas expressamente como organizações criminosas.”

E acrescentou:

“Propusemos várias outras medidas contra crime organizado. O PSOL, de Freixo/Glauber, foi contra todas elas.”

Recentemente Moro gradeceu o apoio oferecido pelo ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, dizendo:

“Sou do tempo em que chamavam-se as pessoas de senhor e senhora e os erros dos outros de equívocos. Usava-se muito por favor ou por gentileza nas frases. Alguns infelizmente, ainda bem que de deputados a absoluta minoria,perderam muito da urbanidade.”