Moro divulga lista dos 26 criminosos mais procurados pelo Ministério da Justiça

O Ministério da Justiça lançou nesta quinta-feira lista com as 26 pessoas perigosas mais procuradoras pela Justiça brasileira. A lista envolve pessoas acusadas de crimes graves e violentos, que estão com mandados de prisão em aberto e são ligados a organizações criminosas. São 25 homens e uma mulher.

Os nomes foram apontados a partir de informações dos estados e do Banco Nacional de Mandados de Prisão, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). 

Segundo o Ministério, a lista foi feita com base em informações das áreas de segurança estaduais e a partir de 11 critérios objetivos, como posição de liderança em organização criminosa, capacidade financeira para investir em atividades criminosas, atuação interestadual e internacional, entre outros.

A lista será atualizada mensalmente pelo Ministério da Justiça, e tem como objetivo contribuir com a localização de criminosos para os estados e o Distrito Federal.

O projeto não leva em conta os criminosos com atuação local, bem como eventuais crimes que não possuam vínculo com organizações criminosas.

A população também poderá colaborar com denúncias e informações, através dos números do Disque-Denúncia de cada estado ou pelo 190. Por contemplar nomes de criminosos de alta periculosidade, o Ministério recomenda que as abordagens sejam realizadas apenas pelas forças policiais.

A lista do procurados mais perigosos pode ser acessada no site justica.gov.br