Luciano Hang fala em possível candidatura em 2022

O empresário catarinense Luciano Hang cogitou uma candidatura nas eleições de 2022. O dono das lojas Havan disse que discute a ideia com a família e os amigos.

“Estou pensando, antes eu nem pensava”, afirmou.

O cargo e o partido ainda não foram definidos, mas constantemente o nome de Hang figura entre os possíveis candidatos ao Senado por Santa Catarina.

“Fui convidado para, de repente, ser alguma coisa, mas vou esperar”, diz, colocando um limite até abril do ano que vem para se decidir.

Hang afirma não ser “chapa branca para dizer amém para tudo que o governo Bolsonaro faz”.

“Todas as vezes que o Bolsonaro quer fazer alguma reforma, eu me posiciono. E também sou contra”, disse

O empresário também aponta a falta de diálogo do presidente como um ponto negativo. “Temos de conversar mais com o Congresso.”  “Sobre o candidato que vou escolher no ano que vem, ainda está cedo”.

O senhor sai como candidato nas eleições de 2022? Eu vejo tantos candidatos ruins que penso como essas pessoas se candidatam. Nunca tocaram uma birosca, uma máquina de fazer suco de cana, um carrinho de pipoca e são candidatos a presidente, senadores, governadores. Por isso que o nosso país está do jeito que está, são candidatos ruins que não acreditam no capitalismo, no trabalho, na meritocracia como forma de crescimento, e eu fico triste. Pensando nisso, às vezes me dá a vontade de me candidatar e colocar meu nome à disposição dos catarinenses ou dos brasileiros. Falta competência para os nossos políticos que vão para a política para ganhar dinheiro para si, sua empresa ou fazer lobby para outras empresas. Ou seja, para ganhar dinheiro próprio. Temos de pensar em políticos que trabalham por patriotismo e para o nosso país.

Fonte: Jovem Pan