Google remove canal Terça Livre do YouTube após decisão judicial

O Google removeu do YouTube o canal “Terça Livre” após decisão da Justiça favorável à empresa.

O canal do jornalista já havia sido desativado em fevereiro deste ano por violar as diretrizes da plataforma, mas foi reativado após conseguir uma liminar que determinava o retorno do perfil.

Na nova decisão, a juíza Ana Carolina de Almeida, da 8ª Vara Cível da Comarca de São Paulo, julgou o pedido de reativação do canal improcedente e deu o direito de remoção ao Google.

“A ação da ré em encerrar o canal do requerente não é ato ilícito, tampouco, atentado contra o direito à liberdade de expressão do autor. Trata-se, na realidade, de exercício de pleno direito. Como já supra exposto, pode a ré impor balizas ao comportamento dos usuários de suas plataformas”, declarou a juíza na decisão.

Vale ressaltar que o YouTube já removeu mais de 12 vídeos da conta do presidente Jair Bolsonaro.