CPI: G7 está frustrado por não encontrar indício de corrupção no Governo

O presidente Jair Bolsonaro, repercutiu o depoimento do representante da Davati, Cristiano Carvalho, nesta quinta (15) à CPI e voltou a criticar os senadores da comissão.

Segundo Cristiano a Davati nunca pagou despesas do Dominghetti nem a própria. Cristiano diz ainda que até sua passagem aérea para Brasília a pagou com milhas próprias.

Um “negócio” bilionário onde o Cristiano para “sobreviver” usa do artifício de se beneficiar do Auxílio Emergencial (sacou e não devolveu R$ 4.100,00 em 2020)

O que frustra o G-7 é não encontrar um só indício de corrupção em meu Governo. No caso atual querem nos acusar de corrupção onde nada foi comprado, ou um só real foi pago. – No circo da CPI Renan, Omar e Saltitante estão mais para três otários que três patetas.