General Heleno apoia Eduardo Bolsonaro e diz que não acredita em nada da imprensa

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, confirmou que, se no Brasil começar a ter protestos similares aos ocorridos no Chile, o governo Bolsonaro terá que “fazer alguma coisa para conter”.

O general Heleno, concedeu entrevista por telefone ao jornal Estadão, nesta quinta (31) e quando questionado sobre a declaração do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) acerca do “AI-5”, declarou:

“Não ouvi ele falar isso. Se falou, tem de estudar como vai fazer, como vai conduzir. Acho que, se houver uma coisa no padrão do Chile, é lógico que tem de fazer alguma coisa para conter. Mas até chegar a esse ponto tem um caminho longo.”

Em relação aos protestos que vem ocorrendo no Chile, o general fez duras críticas à imprensa:

“O que a imprensa noticia normalmente não é a verdade. Isso a gente já se acostumou no Brasil. Notícia de jornal, televisão, é toda manipulada. A favor ou contra ao que interessa àquele canal. Até os sites de redes sociais são manipulados.”

E ainda acrescentou:

“Não tenho ainda informações seguras sobre o que houve no Chile. Hoje em dia não acredito em nada da imprensa. A imprensa hoje, eu falo com muito receio que é tudo com segundas intenções.”


Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação