Facebook se pronuncia e diz que não cumprirá decisão de Moraes sobre pedido de bloqueio de perfis no exterior.

A rede social Facebook decidiu que não vai cumprir a determinação feita, nesta quint (30), pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, no âmbito do inquérito das fake news.

O Facebook informou que não vai tirar do ar internacionalmente os perfis de apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro, que são alvos do inquérito.

O Facebook entende que a determinação do ministro extrapola jurisdição brasileira e recorrerá ao STF.

“Respeitamos as leis dos países em que atuamos. Estamos recorrendo ao STF contra a decisão de bloqueio global de contas, considerando que a lei brasileira reconhece limites à sua jurisdição e a legitimidade de outras jurisdições”, diz nota da assessoria da rede social