Embaixada do Brasil em Londres é atacada por extremistas. Polícia retira os vândalos do local

Nesta segunda (12) um grupo de extremistas de esquerda pertencentes ao intitulado “Extinction Rebellion” jogaram tinta vermelha na embaixada do Brasil em Londres.

Os desordeiros protestavam contra supostos danos causados à Amazônia e o que descreveram como “violência contra os povos indígenas que vivem lá”.

Marcas de tinta, pichações, impressões de mãos vermelhas, foram feitas por toda a fachada, assim como frases como “ele não”, slogan usado pela extrema esquerda contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a eleição de 2018.

O grupo se manifestou dizendo que o intuito do ato era desafiar o governo do Brasil sobre “abusos de direitos humanos sancionados pelo Estado”.

A polícia foi chamada ao local e deteve o grupo.

E os extremistas ainda disseram que ações com a feita em Londres, também ocorrerão em embaixadas brasileiras no Chile, Portugal, França, Suíça e Espanha.

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever-se  
Notificação