Bolsonaro vai liberar auxílio emergencial por mais 3 meses.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que o benefício do auxílio emergencial deve ser estendido por mais três meses e que os valores ainda não foram definidos.

“Os números não estão definidos ainda, mas a gente vai prorrogar por mais três meses”, afirmou Bolsonaro em sua live semanal nas redes sociais, ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A expectativa é de que devem ser pagos mais R$ 1.200, de forma gradual, em parcelas que podem ser de R$ 500, R$ 400 e R$ 300, mas que estes valores ainda serão confirmados e anunciados em breve.