BARROSO afirma ‘Não existe no Brasil a possibilidade de voto impresso”.

Logo após o presidente Jair Bolsonaro criticar o processo eleitoral brasileiro neste domingo (29), o presidente do TSE, o ministro Luís Roberto Barroso,  afirmou que “objetivamente não existe hoje no Brasil a possibilidade de voto impresso”.

“O voto impresso é uma necessidade, as reclamações são demais. Eu estou vendo trabalho de hacker aqui e em qualquer lugar. A apuração tem que ser pública. Quem não quer entender isso, eu não sei o que pensa da democracia”, disse Bolsonaro.

Barroso disse que Bolsonaro “merece todo o respeito institucional e tem o direito de manifestar livremente a sua opinião”, mas “A verdade, porém, é que objetivamente o STF já decidiu pela inconstitucionalidade do voto impresso e entendeu, não apenas pelo custo de mais de R$ 2,5 bilhões ao longo do tempo para sua implantação, mas porque representaria, ao ver do Supremo, um risco real para o sigilo do voto”, acrescentou.

Barroso avalia que o voto impresso “traria grande tumulto para o processo eleitoral brasileiro, porque todo candidato derrotado ia pedir recontagem e ia haver impugnações, alegações de nulidade e judicialização do processo eleitoral”.

Mas o direito recontagem deveria ser permitido a qualquer candidato ou não? Qual a sua opinião? Deixe nos comentários.

Assista no Canal Pátria & Defesa a análise do nosso especialista. Clique no link e compartilhe com mais Patriotas.

https://www.youtube.com/patria&defesa