Alexandre de Moraes mantém prisão de Roberto Jefferson

O ministro Alexandre de Mores decidiu hoje (13) que irá manter a prisão do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson.

Jefferson cumpre prisão preventiva há dois meses. Em 4 de setembro, ele foi internado sob custódia no Hospital Samaritano Barra, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde foi submetido a um cateterismo.

Na segunda (11), após o Hospital informar à Justiça e à Polícia Federal que Jefferson já estava de alta, a defesa de Jefferson entrou com um pedido de prisão domiciliar.

Na petição, os advogados afirmaram que BobJeff corre “grave risco” de morte se deixar o hospital e retornar para a cadeia.