Ministros do STF afirmam que irão barrar decreto de Bolsonaro sobre armas

Os ministros do STF afirmaram que irão barrar os decretos do presidente Jair Bolsonaro.

Em entrevista ao UOL, os membros da Suprema Corte disseram que “devem ser confirmadas as liminares concedidas por Edson Fachin e Rosa Weber contra a proliferação de armas de fogo”.

Em fevereiro, Alexandre de Moraes pediu vista para analisar melhor o caso, mas liberou o caso para votação no dia 8, um dias após as manifestações do 7 Setembro.