Cantora Marília Mendonça morre após queda de avião em Minas Gerais

Acidente com aeronave aconteceu na tarde desta sexta (5), na serra de Caratinga; cantora, de 26 anos, não resistiu aos ferimentos

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, de seu produtor Henrique Ribeiro, de seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e do copiloto do avião, dos quais iremos preservar os nomes neste momento”, informou em nota. 

O avião que levava Marília decolou de Goiânia com destino a Caratinga, em Minas Gerais, onde ela faria uma apresentação esta noite. 

A cantora mostrou momentos antes do voo

Avião de Marília Mendonça estava apto para fazer táxi aéreo

O avião de matrícula PTONJ, que levava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas, estava em situação regular e liberado para fazer táxi aéreo, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). A aeronave, do modelo C90A BEECH AIRCRAFT, foi fabricada em 1984 e tem capacidade para transportar até seis pessoas.

FAB vai investigar queda de avião que matou cantora Marília Mendonça

O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira (FAB), vai investigar a queda do avião que matou a cantora Marília Mendonça e mais quatro pessoas. O órgão é responsável por apurar as causas de acidentes envolvendo a aviação civil e militar no Brasil.

A apuração do Cenipa tem por propósito a prevenção de eventuais novos acidentes com características semelhantes. O órgão não tem por objetivo apontar responsáveis nem fazer a investigação criminal.