Bolsonaro sinaliza que irá vetar fundo eleitoral de quase R$ 6 bi

Após alta, Jair Bolsonaro afirmou que vice-presidente da Câmara atropelou a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou logo após saída do hospital, que pode vetar o fundo eleitoral de cerca de R$ 6 bilhões para as eleições 2022.

Bolsonaro afirmou que o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), atropelou a votação da LDO.

“Eu sigo a minha consciência, sigo a economia e a gente vai buscar um bom sinal para isso tudo aí. Afinal de contas, eu já antecipo, R$ 6 bi pra fundo eleitoral, para financiamento de campanhas, pelo amor de Deus”, afirmou.

O president disse que, Ramos, que presidia a sessão, “passou por cima” e não pôs em votação um destaque à redação da LDO que alteraria o texto para suprimir a previsão de reajuste do fundo eleitoral.

O presidente disse também que os parlamentares são acusados injustamente de ter votado a favor do “fundão”.

Para o presidente, com o valor de R$ 6 bilhões, daria para recapear grande parte da malha rodoviária do país ou concluir as obras que levam água para o Nordeste.