Ibaneis Rocha é indiciado por crime eleitoral.

A suspeita é de que o governador tenha lançado candidaturas laranjas durante a campanha e que tenha omitido gastos na prestação de contas relacionadas às eleições de 2018.

Os recursos passados a duas candidatas teriam sido usados, na verdade, para pagamentos de cabos eleitorais na campanha do emedebista.

Caso sejam confirmadas as irregularidades, o fato configura crime eleitoral.